Que as Mídias Sociais (MS) são tudo, acho que isso todo mundo já sabe. O que está faltando dizer é como a sua Cidade pode usufruir desta ferramenta que está aí, e que tem a opção de ser manejada de forma gratuita, catapultando o turismo do seu Município.

Ah! Antes de mais nada, se esta é a sua primeira vez, seja bem vindo ao Blog de Capacitação Gestão & Política de Turismo no Município. Nosso objetivo é ajudar orientando gestores públicos e técnicos colocar sua Cidade no Mapa do Turismo nacional. Se já acessou outros textos, obrigado mais uma vez pela confiança. Se gostou, compartilhe e curta. Toda semana tem um novo texto!

Veja. Para o bem ou para o mal, as MS são a essência do processo de tomada de decisão do consumidor. São elas que dão a palavra final (honesta e sem filtro), batendo lá dentro da nossa cabeça. Sem muito perceber, nós compramos através dos depoimentos que lemos. Nós compramos através das fotos e imagens postadas dos outros que confiamos. Nós somos instigados ao consumo pelas redes que nos inundam das mesmas possibilidades, que viralizam ou se tornam bem conceituadas. 

E o sucesso de um Destino Turístico é definitivamente resultado direto de um processo cooperativo e colaborativo. Onde cada publicação/post/comentário/like ajuda na  construção de uma imagem que passa a ser processada pelo seu público consumidor. E é a partir justamente de um somatório disso tudo, que se constrói o imaginário de um lugar. E é isso que irá fazer a sua Cidade  se sustentar turisticamente no longo prazo, reduzindo os impactos da sazonalidade.

Partindo deste cenário….

Se você é Secretário de Turismo e me lê, pare de ficar gastando dinheiro com o folderzinho de divulgação da sua Cidade, pois ninguém mais acredita nele. Ao invés disso, procure realizar agora um diagnóstico de quantas anda, as MS individuais de cada elemento (ou dos principais) da Cadeia de Valor de Turismo do seu Município. Verifique o que, a qualidade e o alcance do que se posta, analisando tudo aquilo que se considera atrelada ao que o seu Município é reconhecido, ou a sua marca.

Você vai perceber ao longo desta análise, que muito precisa ser feito. Da mesmo forma também, que irá descobrir que nem todos estão sabendo manejar a sua própria mídia social. Nem todos estão aptos de tirar proveito desta ferramenta de forma eficiente. Lembre-se 99% das empresas turísticas são familiares e o empresário simplesmente não tem tempo de lidar com tudo ao mesmo tempo. Mesmo porque, MS exige uma certa dedicação. 

Busque junto ao sistema “S” e outros parceiros como a Associação Comercial ou as IES (Instituições de Ensino Superior), cursos de capacitação em MS que envolvam desde fotografia, relacionamento com o cliente e gestão propriamente dito destas diversas plataformas.  O grande objetivo aqui é tentar organizar a bagunça dentro dos 3Cs (CONVERGÊNCIA + CONGRUÊNCIA + CONSISTÊNCIA) daquilo que é postado nas MS sobre o que acontece no seu Município.

Articule e instigue a criação de um grupo de trabalho junto ao COMTUR para lidar com o tema. A imagem de um Destino Turístico se faz todos os dias, o dia todo e por todos. É uma tarefa essencialmente coletiva. Sabe aquela história que uma andorinha não faz verão? Errado…ela faz um Destino Turístico!! Invista nisso que é isso o que interessa. Pense nisso.

 

Dúvidas, esclarecimentos? Escreva. Curta a fanpage @politicadeturismo

Obrigado pela confiança.

Para quem não me conhece, meu nome é Eduardo Mielke. Meu trabalho é auxiliar Governos na busca por  processos cooperativos que resultem numa melhor articulação entre ele, Terceiro Setor e o Empresariado. O resultado e o que importa mesmo, é a geração de emprego e renda local. O resto é conversa fiada.

Palestras, Workshops e treinamentos? Escreva para emielke@kau.edu.sa

Compre o livro do SIMTUR!!! Lá você terá todas as orientações que você precisa para fazer o seu Município decolar!

Screen Shot 2018-06-16 at 13.54.10