Muitos seguidores vem pedindo e hoje o texto da semana vai direto ao assunto.  FAMTUR é, DE FATO, uma ação muito importante para mostrar a Cidade ao mercado de intermediários (Operadoras). Ou para aqueles que podem falar MUITO bem de você para milhares, como os Blogueiros. É um movimento que dá resultado mesmo. Deve ser feito regularmente. Mas, é preciso se atentar para algumas orientações…

Ah! Antes de mais nada, se esta é a sua primeira vez, seja bem vindo ao Blog de Capacitação Gestão & Política de Turismo no Município. Nosso objetivo é ajudar, orientando gestores públicos e técnicos a colocar sua Cidade no Mapa do Mercado Turístico e de Eventos. Se já acessou outros textos, obrigado mais uma vez pela confiança. Se gostou, compartilhe e curta. Toda semana tem um novo texto!

Desde já deixo bem claro. O grande e único papel do Poder Público é de fazer articulação entre todos os envolvidos. Ponto final. No máximo uma palavra de boas vindas e um gole de café, ao longo da programação. Nada mais do que isso. FAMTUR é para fazer negócio, não para mostrar os projetos da Prefeitura. Se você é Secretário e me lê, una as pontas, criando um ambiente favorável a esta ação sem ser o centro dela. 

Dito isso, vamos ao que interessa:

Para começar a ORGANIZAR um bom FAMTUR chame em primeiro lugar, os principais interessados que são os hoteleiros, os donos de restaurantes,  as Agências de Receptivo se houver, e os Guias de Turismo da sua Cidade. Chamo a atenção para este último grupo, pois são os profissionais que saberão mais do que ninguém o que vende e o que não vende no seu Município. Dentre todos, muito provavelmente são os que mais lidam com intermediários…

Dentro da Associação de Turismo (ou eventualmente dentro do COMTUR), forme com eles, e com as demais empresas, um Grupo de Trabalho Especial para traçar possíveis roteiros/produtos turísticos, estratégias, discutir lista de convidados, programação e o papel de cada um.

Comece assim o PLANEJAMENTO. Além dos pontos acima citados,  defina também as cortesias da hotelaria/restaurantes/entradas/transporte. Não se esqueça: FAMTUR é investimento. IMPORTANTE/ESSENCIAL/VITAL: Nesta fase debata as possíveis metas ou, em outras palavras, as expectativas de resultados que cada um espera atingir. Tente transformar o que puder em números, coisas tangíveis e de fácil entendimento.

Ainda nesta fase não esquecer de: A) Sensibilizar cada hoteleiro, dono de restaurante que as Operadoras, por trabalharem no atacado, irão pedir um tarifário diferenciado daquele do balcão. Chama-se TARIFA OPERADORA. Informe-se sobre ela e se precisar faça um reunião preparatória só para que as pessoas entendam este mecanismo. Lembre-se Operadora irá fazer negócio, se tiver negócio para fazer, não é?

E B) É fundamental SELECIONAR muito bem participantes do FAMTUR, do lado das Operadoras. Escolha aquelas que já trabalham e comercializam produtos dentro dos mesmos segmentos turísticos do seu Município. Não desperdice tempo e dinheiro daqueles que vão se envolver do Município. Aqui, o critério é sempre qualidade. Gaste um bom tempo pesquisando bem para trazer Operadores que realmente tem a ver com o Município.

Prepare uma PROGRAMAÇÃO de no mínimo duas noites e um dia para fazer as coisas com qualidade. Cuidado para não transforma-la num Ironman!! Organize o tempo e as visitas com MOMENTOS DE INTERAÇÃO como coffebreaks e almoço, bem planejados e sem correria!!!! Este contato mais informal entre compradores (operadoras) e vendedores (empresários locais, sobretudo a hotelaria) é chave. Cuidado. São ocasiões onde as coisas acontecem, os primeiros negócios surgem….quanto mais você as promover, mais chances de sucesso individual. E será no individual que o sucesso do coletivo se criará.

Antes do último jantar é extremamente importante colocar na PROGRAMAÇÃO uma reunião em especial. Ela é formada de 2 partes e sem ela, o seu FAMTUR não terá o proveito como deveria. A PRIMEIRA – RODADA DE NEGÓCIOS. Para tanto, prepare em um espaço onde as operadoras possam ficar frente a frente com as áreas comerciais das empresas turísticas, sobre tudo com o pessoal da hotelaria. E a SEGUNDA – PALAVRA ABERTA. Trata-se de um momento de ouvir o que as operadoras viram, ouviram e degustaram. É um momento ímpar onde elas não somente irão dizer aquilo que gostaram…mas sobretudo irão destacar o que precisa ser melhorado. Em suma, é uma consultoria gratuita AO VIVO E EM CORES de quem vive de mercado turístico.

E por fim….Além das Operadoras, invista em BLOGUEIROS E REVISTAS de Turismo. Principalmente no primeiro grupo. Tenho orientado muito, pois são pessoas que tem milhares de seguidores e geram fluxo. E a vantagem de ter seguidores é a confiança que isso envolve. E confiança é tudo. Pense nisso. 

Dúvidas, esclarecimentos? Escreva. Curta a fanpage @politicadeturismo

Obrigado pela confiança.

Para quem não me conhece, meu nome é Eduardo Mielke. Meu trabalho é auxiliar Governos na busca por  processos cooperativos que resultem numa melhor articulação entre ele, Terceiro Setor e o Empresariado. O resultado e o que importa mesmo, é a geração de emprego e renda local. O resto é conversa fiada.

Palestras, Workshops e treinamentos? Escreva para emielke@kau.edu.sa

Compre o livro do SIMTUR!!! Lá você terá todas as orientações que você precisa para fazer o seu Município decolar!

Screenshot 2019-08-05 at 22.11.58